Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Situação de Emergência é decretada pela prefeitura de Colniza

O decreto é devido ao número elevado de casos envolvendo o mosquito Aedes Aegypti.

Foi decretada situação de emergência pela Prefeitura de Colniza (MT), na última segunda-feira (9), devido ao elevado número de casos de dengue no município. Conforme o decreto, o município enfrenta estado de calamidade pública, em razão da infestação do mosquito aedes aegypti.

Até o momento, foram notificados em Colniza 250 casos de dengue, sendo 208 confirmados, dos quais três em gestantes, além de vários casos ainda em investigação.

A prefeitura cita o relatório de avaliação social de desastre natural emitido pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras), de 09 de dezembro de 2019, que aponta a incidência de mosquitos causadores da dengue, em virtude das fortes chuvas que afetaram o município nos dias 6 e 7 de dezembro.

“Fica autorizada a convocação de voluntários para reforçar as ações de resposta a infestação e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pela epidemia, sob a coordenação da

Defesa Civil do Município”, diz trecho do decreto.
Ainda segundo o documento, o agente da Defesa Civil ou autoridade administrativa que se omitir de suas obrigações será responsabilizado.

Com o decreto, ficam dispensados de licitação os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta a epidemia e de prestação de serviços relacionados ao controle da doença e combate ao seu vetor, desde que possam ser concluídas no prazo máximo de 120 dias consecutivos e ininterruptos, contados a partir da caracterização da epidemia, vedada a prorrogação dos contratos. (Com G1 MT)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies