Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Sinop conta com um posto de coleta especifico para COVID-19

0 29

A Prefeitura de Sinop montou uma unidade coleta especifica para realizar testes rápidos de COVID-19. O espaço foi preparado pela Secretaria Municipal de Saúde, e está em funcionamento desde ontem, quinta-feira, dia 21, na avenida Embaúbas, sob esquina com Itaúbas.

Conforme a secretária adjunta da pasta, Daniela Galhardo, todo paciente que esteja com suspeita de ter contraído o coronavírus, deve passar primeiro por uma avaliação média em uma das Unidades Básicas de Saúde (Menino Jesus, Ibirapuera, Palmeiras e Sebastião de Matos) que atendem pessoas com sintomas gripais. “Se for do entendimento do médico de que o paciente necessita fazer a testagem, a própria equipe do postinho entra em contato com a unidade de coleta e agenda um horário para a realização do teste”, explica.

Segundo Daniela, quando o paciente chega ao local, as equipes já estão com todos os seus dados preenchidos e o atendimento é realizado rapidamente. O ambiente de coleta é todo higienizado após a saída de cada paciente e os profissionais estão devidamente paramentados.

Leia também: Saiba como são os exames da covid-19 no SUS e em laboratórios particulares

O resultado do exame é entregue dentro de 24 horas de forma online. Enquanto isso, o paciente deve aguardar dentro de sua residência.

Caso seja positivado para COVID-19, a Central da Epidemiologia, junto com a Universidade Federal de Mato Grosso, campus Sinop, estará realizando o monitoramento diário do cidadão infectado.

Reforçando, que o paciente não deve procurar a unidade por conta própria, é necessário um encaminhamento médico para que ele seja atendido. (Com assessoria)

Para entender como é feito o exame de coronavírus, é necessário compreender antes a realização desse exame no Sistema Único de Saúde (SUS). A orientação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) é que a pessoa com sintomas graves como febre e dificuldades para respirar, procure a Unidade Básica de Saúde (UBS), mais próxima de sua residência, pois, conforme o Ministério da Saúde, essas são as unidades de saúde que realizam os primeiros atendimentos dos casos de síndrome.

Ao chegar na unidade, o paciente deve narrar os sintomas que possui durante a consulta. O profissional médico irá identificar se o caso é uma Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Se sim, a unidade irá notificar o caso à equipe da Vigilância Epidemiológica Municipal da respectiva cidade.Depois deste procedimento, o médico solicita a coleta de amostra biológica para exames de Biologia Molecular (RT-PCR), que detecta a presença, ou não, do vírus SARS COV 2, que é o nome científico do coronavírus, ou de outros vírus respiratórios. O material é enviado ao Laboratório Central do Estado (Lacen), que analisará a amostra.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies