Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Salário mínimo passa a valer R$ 1,1 mil

O reajuste em relação a 2020 ficou em 5,26%.

0 311

Desde o 1º dia do ano que o salário mínimo está valendo R$ 1,1 mil, conforme a Medida Provisória nº Nº 1.021, publicada no Diário Oficial da União, no último dia 30. No ano passado, o salário mínimo estava em R$ 1.045.

O reajuste em relação a 2020 ficou em 5,26%. Foi levado em consideração o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro a novembro e a variação estimada do mercado financeiro para o índice em dezembro de 2020.

Segundo o Ministério da Economia, no dia 12 deste mês, quando o INPC de dezembro será divulgado, o novo valor do salário mínimo poderá ser corrigido para assegurar a preservação do poder de compra definida pela Constituição. Isso aconteceu na virada de 2019. Em 31 de dezembro de 2019, foi anunciado que o salário mínimo de 2020 seria de R$ 1.039. Em janeiro, quando foi divulgado o INPC de dezembro — que ficou acima da projeção inicial —, o valor foi ajustado para R$ 1.045.

Foram R$ 21 a mais em relação à projeção de R$ 1.067 que constava da proposta do Orçamento Geral da União, enviada ao Congresso no fim de agosto de 2020.

Aumento de despesas

De acordo com o Ministério da Economia, para cada R$ 1 de aumento no salário mínimo, há elevação de despesas de R$ 351,1 milhões. Assim, o reajuste de R$ 12, ao passar de R$ 1.088 para R$ 1,1 mil, gera gasto adicional de cerca de R$ 4 bilhões em 2021.

A equipe econômica destacou, na última quarta-feira (30), que a correção do valor do salário mínimo é obrigação constitucional e que não afeta o compromisso do governo com o teto de gastos e com o ajuste fiscal.

Apesar de entrar em vigor na última sexta-feira, o novo valor precisa ser confirmado pelo Congresso Nacional já que o governo fez o reajuste por meio de uma medida provisória.

ATENÇÃO COMERCIANTES DE SINOP

O salário comercial em Sinop é de R$ 1.096,00, conforme anunciado em julho de 2020 e definido na CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2020/2021, firmada entre os empregados do comércio e os patrões, através de negociações entre SINTRACOM (Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Atacadista e Varejista do Norte do Estado de Mato Grosso) e FECOMERCIO (Federação do Comércio do Estado de Mato Grosso).

Ele é válido de 1º de março de 2020 a 28 de fevereiro de 2021 e como ele ficou menor do que o salário mínimo então de 1º de janeiro a 28 de fevereiro o salário comercial passa a ser igual ao salário mínimo. Depois disso o empresário passa a pagar o valor do salário comercial que for definido na convenção 2021/2022 e que começa a ser negociado no início de fevereiro.

“Pela Constituição ninguém pode ganhar menos que 1 salário mínimo por 8 horas de trabalho. Caso o comerciante pague salário comercial puro terá que obedecer o piso salarial mínimo enquanto não for estabelecido o piso comercial mínimo. No entanto, se o salário do comerciário for misto, ou seja, salário mais comissão, e se esse valor for superior ao salário mínimo atual ele poderá continuar pagando o piso da categoria (COM CDL)

 

Leia também – PRF Apreende 9 KG De Skunk Em Pontes De Lacerda – MT

Acompanhe outras notícias do Jornal da 93FM

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies