Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Trabalhadores informais poderão receber auxílio emergencial por 3 meses

A proposta está dentro das medidas preventivas que, ainda serão enviadas ao Congresso Nacional.

0 27

Medidas para proteger o emprego e também as pessoas de baixa renda, foram anunciadas pelo Governo Federal, devido ao Covid-19. A proposta traz a criação de um auxílio emergencial de R$ 200 para os trabalhadores autônomos e a simplificação temporária de regras trabalhistas.

Segundo informações do Governo Federal, a proposta está dentro das medidas preventivas que, ainda serão enviadas ao Congresso Nacional para que sejam aprovadas. Para o Ministro da Economia, Paulo Guedes, a preocupação também é válida para o mercado informal e os empregos em geral.

“A saúde dos brasileiros e a defesa dos empregos está acima de todos os interesses. Fizemos um leque de proteção. Primeiros os mais idosos (aposentados e pensionistas), e passamos para novas opções de acordo durante esses três meses. E ainda temos uma grande preocupação com o mercado informal. Fizemos hoje o cálculo, estamos estendendo uma camada de proteção ao autônomos”, detalhou o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Trabalhadores informais, microempreendedores individuais e desempregados, que estejam dentro dos critérios do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) e tenham mais de 18 anos, vão receber o auxílio emergencial por três meses.

Trabalhadores informais poderão receber auxílio emergencial por 3 meses
Governo federal quer simplificar negociações para preservar empregos. (Foto: Jana Pessoa / Setas-MT)

Com impacto previsto de R$ 15 bilhões por 90 dias, o benefício auxiliará no atendimento das necessidades essenciais de alimentação e higiene. Não será possível, porém, acumular com outros benefícios, como Bolsa Família, seguro-desemprego e Benefício de Prestação Continuada (BPC).

“Nosso objetivo com essa medida é fechar o ciclo de pessoas no Brasil que precisam de benefícios nesse momento de crise. Nenhum brasileiro ficará desguarnecido nessa crise”, explicou o secretário especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, Bruno Bianco.

Emprego e trabalho

Trabalhadores informais poderão receber auxílio emergencial por 3 meses
Usuário do transporte publico do DF, aderem ao uso de mascaras descartáveis por precaução contra o coronavírus. (Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil)

Para que sejam mantidos os empregos formais, o Governo Federal também anunciou medidas trabalhistas temporárias. O objetivo é evitar o aumento de desemprego no país. Os trabalhadores e empregadores poderão, em período de estado de emergência, celebrar acordos individuais com preponderância à Lei, respeitando os limites previstos na Constituição Federal.

Com isso, o governo quer criar regras para simplificar a adoção do teletrabalho; antecipação das férias individuais; férias coletivas; uso do banco de horas; redução proporcional de salários e jornada de trabalho; e antecipação de feriados não religiosos. O objetivo é flexibilizar as negociações para preservar os empregos. (Com Assessoria)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies