Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

URGENTE: Mulher tenta suicídio na avenida das Itaúbas em Sinop

O fato aconteceu há pouco na avenida das Itaúbas, esquina com Tamareiras. A mulher subiu em uma árvore e estava com uma corda amarrada em seu pescoço. Ela a todo momento ameaçava se jogar. Acesse e entenda a motivação.

Na manhã desta segunda-feira (15), na avenida das Itaúbas, esquina com Tamareiras, uma mulher de aproximadamente 60 anos, subiu em uma árvore, amarrou uma corda em seu pescoço e ameaçou se suicidar.

A mulher tentava pular de uma altura de equivalentes 8 metros. Populares imediatamente acionaram a polícia e o Corpo de Bombeiros, onde deslocaram-se viaturas para tentar negociação com a vítima, que durou cerca de 1 hora.

O Tenente Terolti, do Corpo de Bombeiros, relatou que se a negociação não tivesse acontecido, o segundo plano era tirar a mulher do local. 

“Era uma situação de desespero, a gente se coloca no lugar da pessoa, a gente tenta negociar até o limite, se não conseguisse negociação, a gente iria para o segundo plano, que seria tentar tirar ela”.

A Conselheira Tutelar Ana Cordeiro informou os motivos da tentativa de suicídio.

“Ela procurou o conselho porque tem os netos, e a filha dela foi embora para Várzea Grande, e a avó inconformada com a ida da filha embora, queria ter a guarda dos netos, mas explicamos que ela precisaria de uma guarda judicial, por mais que ela alegue que a filha não cuide, ou que não desprenda aos netos todos os cuidados, isso não é o suficiente para que ela pudesse, ou para que o conselho pudesse impedir de que a filha fosse embora”, disse Ana.

Ainda segundo a conselheira, a senhora foi até o Conselho Tutelar de Várzea grande há aproximadamente duas semanas, e necessitou de força policial para contê-la.

“Ela retornou para Sinop e ainda insatisfeita com a situação, procurou o Conselho Tutelar, nós explicamos para ela que o processo havia sido arquivado e com a visita feita em Várzea Grande também na casa onde a filha estava, não foi verificado nenhuma negligência ou situação de maus tratos, e ela inconformada com a situação, resultou na ação de hoje, nessa tentativa de suicídio”.

Como negociação, entregaram para a mulher um documento na intenção de informá-la que os netos estavam sobre a responsabilidade dela, para que pudesse fazer desistir do ato.

Depois de uma hora de negociação, ela desceu da árvore, e mesmo relutante, foi encaminhada para o Hospital Regional de Sinop.

VEJA AS IMAGENS

Leia também- Jovem De 19 Anos Sofre Tentativa De Estupro Em Avenida De Sinop

Acompanhe essa e outras informações no Jornal da 93FM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies