Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Lafin diz que alternativa para UTIs é “ampliar tratamento precoce”

"Se não der certo a questão das UTIs nos próximos dias, nós vamos aumentar o quadro de atendimento pelas capsulas Vanessa, para salvar vidas no tratamento precoce", pontuou o prefeito de Sorriso.

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin, revelou durante entrevista que, caso não haja uma resposta definitiva sobre a instalação de 10 leitos de UTIs para Covid-19, o município irá ampliar o atendimento para o tratamento precoce.

“Se não der certo a questão das UTIs nos próximos dias, nós vamos aumentar o quadro de atendimento pelas capsulas Vanessa, para salvar vidas no tratamento precoce”, pontuou o prefeito de Sorriso.

O município de Sorriso, segundo o presidente do Consórcio Vale do Teles Pires, Edu Laudi Pascoski, aguarda uma resposta do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), para a instalação de 10 leitos de UTIs (Unidade de Terapia Intensiva).

A informação foi confirmada por Pascoski, em reunião com o prefeito de Sorriso, Ari Lafin, na manhã desta terça-feira (28). Uma equipe técnica, do escritório regional do Estado, esteve em Sorriso avaliando a estrutura para a viabilidade de instalação das UTIs.

“Nós já recebemos a visita da equipe técnica do escritório regional do Estado. Eles estão avaliando toda a estrutura para passar um laudo ou dizer a possibilidade da viabilidade de sim ou não. Estamos aguardando, não temos como ficar cobrando toda a hora”, disse o presidente do consórcio, Edu Pascoski, que também é prefeito de Itanhangá.

Pascoski destacou que é necessário haver parceria entre as entidades, os poderes e as esferas, ainda enfatizou que isso está acontecendo.

“Estamos sendo parceiros do Governo do Estado nesse momento de pandemia. Nós precisamos nos unir, não só com o Estado, nós estamos todos unidos. Os vereadores nos ajudando, o Ministério Público nos auxiliando, porque os gestores não foram quem criaram essa pandemia. Nós estamos enfrentando isso com muita cautela, muito equilíbrio para podermos buscar soluções”, relatou Edu.

Lafin diz que alternativa para UTIs é "ampliar tratamento precoce"
Autoridades se reuniram para debater o enfrentamento ao novo coronavírus em Sorriso. (Foto: Assessoria)

São 29 leitos de UTI em Sinop, sendo que nove foram intermediadas pelo consórcio, 20 leitos em Nova Mutum e, caso haja um laudo técnico positivo, serão instalados mais 10 leitos de UTI para o município de Sorriso. De acordo com o prefeito, Ari Lafin, se o laudo técnico for negativo, o município vai prosseguir com outros investimentos para o tratamento precoce.

“Se a resposta vier que o nosso ambiente não é ideal para essas dez UTIs, nós precisamos montar rapidamente e ampliar o Hospital de Campanha com cápsulas Vanessa, Bipap e respiradores. Nós estamos conseguindo salvar várias vidas com as cápsulas, e não deixando os pacientes irem para a UTI. Quando vai para a UTI, infelizmente o número de mortes é muito maior do que o de salvamentos”, pontuou o prefeito de Sorriso, Ari Lafin.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. AceitoLeia Mais

Politica de Privacidade & Cookies