Rádio 93FM
Com você onde você for.

Ouça a Rádio 93FM Ao Vivo

Assista a Rádio 93FM Ouça a Rádio 93FM

Ouça a Rádio 93FM



Assista a Rádio 93FM

Igreja celebra centenário de nascimento do Papa João Paulo II

No site oficial de notícias do Vaticano - o Vatican News - há uma série de registro de atividades para celebrar o aniversário de nascimento de São João Paulo II.

0 28

A Igreja Católica Apostólica Romana relembra nesta segunda-feira (18), a data de aniversário de São João Paulo II, o Papa que exerceu seu pontificado durante um período de 27 anos. Para celebrar a data, o Vaticano inaugurou o Instituto Cultural “São João Paulo II”, na Unifersidade de Filosofia, onde o Papa estudou.

O Papa Francisco enviou uma carta ao Pe. Michal Paluch, reitor da Pontifícia Universidade Santo Tomás de Aquino, conhecida como Angelicum.

“No dia em que se celebra o centenário do nascimento de São João Paulo II, o aluno mais ilustre desta universidade, é inaugurado no Angelicum, na Faculdade de Filosofia, o Instituto Cultural, a ele intitulado. Expresso o meu agradecimento por esta iniciativa e estendendo uma cordial saudação a toda a comunidade acadêmica e a todos os que participam do evento, em particular aos representantes das duas fundações polonesas, Futura Iuventa e Saint Nicholas, que apoiam o novo Instituto”, diz mensagem enviada por Francisco.

Segundo o Papa, a finalidade principal do instituto “é refletir sobre a cultura contemporânea. Para isso, os promotores pretendem fazer uso da colaboração dos mais eminentes filósofos, teólogos e homens e mulheres de cultura, em sua expressão mais ampla”.

“São João Paulo II é ao mesmo tempo o inspirador e o primeiro e mais importante artífice desta obra, com o rico e multiforme patrimônio que ele deixou e com o exemplo de seu espírito aberto e contemplativo, apaixonado por Deus e pelo ser humano, pela criação, pela história e pela arte.”

No site oficial de notícias do Vaticano – o Vatican News – há uma série de registro de atividades para celebrar o aniversário de nascimento de São João Paulo II. Em memória, o departamento relembrou a despedida da imagem de Nossa Senhora de Fátima, transferida para o Vaticano no Ano Santo da Redenção.

Na Basílica Vaticana, João Paulo II despedia-se da imagem com muita fé. Com o olhar do profeta, juntamente com o prudente realismo político, e a vontade de olhar para o futuro. Como Papa, continuou o novo humanismo do seu predecessor Paulo VI: nada mais importante do que a dignidade do homem, começando de seu trabalho.

“Confiando-Vos, ó Mãe, o mundo, todos os homens e todos os povos, nós Vos confiamos também a própria consagração do mundo, depositando-a no Vosso Coração materno. De modo especial Vos entregamos e consagramos aqueles homens e aquelas nações, que desta entrega e desta consagração têm particularmente necessidade”, discursou João Paulo II em 25 de março de 1984.

 

A carta de Francisco

Francisco ressalta na carta que as várias experiências de vida de Karol Wojtyla, “em particular, os dramas da época e os sofrimentos pessoais, interpretados à luz do Espírito, o levaram a desenvolver uma reflexão profunda sobre o homem e suas raízes culturais, como referência imprescindível a toda proclamação do Evangelho”.

Igreja celebra centenário de nascimento do Papa João Paulo II
Registro de momento em que o cardeal Bergolglio beija a mão do Papa João Paulo II. (Foto: Reprodução)

O Pontífice exorta a “manter essa atitude viva, se queremos ser uma Igreja em saída, uma Igreja que não se contenta em conservar e administrar o existente, mas quer ser fiel à sua missão”.

“Estou muito feliz que essa iniciativa se realize na Universidade Santo Tomás de Aquino. O Angelicum de fato hospeda uma comunidade acadêmica composta por professores e estudantes provenientes de todo o mundo. É um local adequado para interpretar os importantes desafios das culturas de hoje”, destaca ainda Francisco.

“A tradição da Ordem Dominicana, com o importante papel ocupado pela reflexão racional sobre a fé e seus conteúdos, articulada de forma magistral pelo Doutor Angélico, só pode favorecer este projeto, para que seja marcado pela coragem da verdade, pela liberdade de espírito e pela honestidade intelectual”, conclui o Papa.

 

Palavras do Papa Emérito Bento XVI

“Toda a vida do Papa foi centrada sobre este propósito de aceitar subjetivamente como seu o centro objetivo da fé cristã – o ensinamento da salvação – e consentir aos outros aceitá-lo”. Assim escreve Bento XVI em uma carta por ocasião do centenário do nascimento de São João Paulo II. “Graças a Cristo ressuscitado, a misericórdia de Deus é para todos”, recorda o Papa emérito, e “todos devem saber que a misericórdia de Deus acabará por se revelar mais forte do que a nossa fraqueza”. (Com Vatican News)

Igreja celebra centenário de nascimento do Papa João Paulo II
Cardeal Ratzinger com Papa João Paulo II. (Foto: Reprodução)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais

Politica de Privacidade & Cookies